Refugio_das_Curucacas_logo_v2_curucacas_texto_bco.png

CIRCUITO REFÚGIO DAS CURUCACAS - BURACO DO PADRE

 

   Convidamos você para uma linda caminhada em forma de circuito (ida e volta por caminhos diferentes) pelo Parque Nacional dos Campos Gerais, com 14 km de extensão e dificuldade moderada superior. Uma caminhada que passa por furnas, fenda, corredor do Rio Quebra Pedra, remanescentes de campos sulinos, formações de relevo ruiniforme e cachoeiras, percorrendo belos atrativos naturais de nossa região, as Furnas do Passo do Pupo e Buraco do Padre.

Créditos: Mari Prerslak

  A atividade inicia no Refúgio das Curucacas Ecoturismo, onde fazemos um briefing, com informações sobre o local da atividade, biodiversidade, geodiversidade e conduta no ambiente natural, os principais riscos e seus tratamentos.

01 WhatsApp Image 2019-06-17 at 9.14.37 AM.jpeg

Créditos: Alessandro Chagas

      A caminhada inicia no Refúgio das Curucacas, seguindo até as Furnas Gêmeas. As Furnas Gêmeas são poços de desabamento, assim chamadas pela sua proximidade, separadas somente por uma espécie de "ponte de pedra". A Furna 1 (mais ao fundo, na imagem abaixo) possui 38m de profundidade e a Furna 2 possui cerca de 53m. Nas Furnas Gêmeas fazemos a contemplação da paisagem, identificação de espécies de vegetaçãode campo rupestre, observação de aves e interpretação da geodiversidade local.

Créditos: Laertes Soares

   Passamos pela Furna do anfiteatro e chegamos na Furna Grande. A Furna Grande é um orifício crateriforme com cerca de 400m de diâmetro e 70m de profundidade, formada por desabamento, causado pela circulação de água subterrânea através de fraturas. Como toda Furna de nossa região, Possui grande importância ecológica, já que conduz água em profundidade, recarregando o Aquífero Furnas. Apresenta microclima diferenciado, mais fresco que a parte externa, dada a presença de sombra, árvores e umidade.

Furna Grande_geral_01.redimensionado.png

Créditos: Alv's Garage

   A biodiversidade da região pode ser apreciada na fauna e flora. diversas espécies de aves podem ser observadas na região, e, com sorte, alguns indivíduos terrestres, como o cachorro-vinagre, gato-do-mato, sussuarana, veado. A galeria abaixo mostra um painel de avifauna, produzido pelo Laboratório de Turismo em Áreas Naturas (LabTAN) - UEPG, em párceria com o ICMBio, órgão gestor da Unidade Conservação.

 

   Além da fauna, diversas espécies de flora podem ser vistas na região, desde belas araucárias e imbuias até espécies de vegetação de campo rupestre, como a rainha do abismo (quase ameaçada de extinção), petúnias, bromélias, orquídeas, lírio vermelho (ameaçado de extinção), além das endêmicas pixiriquinha e o cacto-bolinha, ameaçado de extinção. A galeria abaixo mostra um painel de identificação de vegetação de campo rupestre das Furnas Gêmeas, produzido por Adriane Ribeiro da Silva, Marcos Marcondes Carneiro e Jéssica Camila Garcia Ribeiro e um mini guia de aves, produzido pelo LabTAN/UEPG, em parceria com o ICMBio.

  Passamos por cima das paredes da Furna Grande, e seguimos até a Pedra da Onda. A Pedra da Onda é uma formação de relevo ruiniforme, verdadeira escultura natural no arenito feita por dissolução. Nesse Setor, há outras formações também, como o Naufrágio, bloco de arenito que parece um navio encalhado.

  Caminhamos até o Mirante do Buraco do Padre, onde pode-se apreciar a Furna de cima.

23376410_1934870253503300_1540111526009691865_n.jpg

Créditos: Guilherme Forbeck

  Caminhamos por cima da Fenda da Freira, que é uma falha formada há cerca de 132 milhões de anos, de enorme riqueza em aspectos cênicos, geológicos, espeleológicos e, portanto, turísticos.

    Entramos no Parque de Natureza Buraco do Padre, onde começamos nossa visitação pelo poço encantado, que é uma furna assoreada. Na Furna da Piscininha, observamos o sumidouro que precede a cachoeira, chamado de Toca do Morcego.

Créditos: Laertes Soares

  Visitamos também o topo do Buraco do Padre e nos dirigimos para a Fenda da Freira. Na visitação, identificamos espeleotemas, espeleogens e alguns exemplares de fauna e flora cavernícola. Fazemos a visitação da Fenda da Freira devidamente equipados, com capacetes de espeleologia.

Créditos: Guilherme Forbeck / Alexandre Saad

  Seguimos em caminhada até o interior da Furna do Buraco do Padre, uma furna de arenito de beleza única, que possui em seu interior uma cachoeira de aproximadamente 30m, que ressurge do meio das rochas. O Buraco do Padre é um dos atrativos de maior visitação de nossa região, com infraestrutura para receber idosos e cadeirantes.

Créditos: Laertes Soares

   Caminhamos até o Café do Lobo, que serve alimentos e bebidas de qualidade. No local, há sanitários sempre higienizados e um Centro de Visitantes, com loja de souveniers.  .

WhatsApp Image 2020-10-23 at 11.40.11 AM.jpeg

Créditos: Laertes Soares

  Iniciamos o retorno ao Refúgio das Curucacas, passando pela borda oeste da Furna Grande, onde é possível avistar a linda parede de rocha, de frente. Seguimos pela trilha Furna Grande x Refúgio, que tem a maior parte do traçado em contato com a mata nativa. A trilha margeia a Furna do Anfiteatro (onde pode ser avistada uma feição relacionada ao fenômeno "piping") e passa por dentro de alguns capões de mata. Mais próxima do Refúgio, a trilha margeia o corredor do Rio Quebra Pedra (rio que forma a cachoeira do Buraco do Padre), de grande importância ecológica, tanto para a dispersão de sementes quanto para a reprodução e alimentação da fauna silvestre. 

Créditos: Guilherme Forbeck / Alessandro Chagas

   Enfim, voltamos ao Refúgio das Curucacas, para aquele descanso na sombra das árvores.

IMG_6967GUSTAVO-PAITCH.redimensionado.jpg

Créditos: Gustavo Paitch

Material mínimo para a caminhada:

 

- Calçado fechado;

 

- 1,5L de Água para beber;

 

- Lanche de trilha;

 

- agasalho para frio;

 

- corta vento ou outro tipo de agasalho impermeável;

 

- boné / chapéu;

 

- protetor solar;

 

- Repelente de insetos;

 

- Lanterna;

 

- medicamentos de uso pessoal;

 

- seu próprio frasco de álcool gel 70%.

INFORMAÇÕES GERAIS:

 

Data: 29/dezembro/2020

 

Hora: 08:00h 

 

Local: Concentração no Refúgio das Curucacas Ecoturismo

 

Percurso total: 14 km

 

Tempo médio: 07:00 h

 

Classificação básica de dificuldade (CBME / FEMERJ): moderada superior

 

IMPORTANTE: OBRIGATÓRIO USO DE MÁSCARA E HIGIENIZAÇÃO DAS MÃOS COM ÁLCOOL GEL 70%

 

Contribuição: R$ 140,00 (com Fenda da Freira)

                       R$ 120,00 (sem Fenda da Freira).

 

O valor inclui:

- área de estacionamento,  no Refúgio das Curucacas Ecoturismo;

- operadora credenciada CADASTUR;

- condutor local;

- Taxas de visitação (Furnas do Passo do Pupo, Buraco do Padre e Fenda da Freira*);

- EPI para aventura segura: perneiras e capacetes de espeleologia;

- seguro individual para a atividade (Porto Seguro).

 

contatos para informações:

- telefone / whatsapp: 42 99930-5500

- email: contato@refugiodascurucacas.com.br

   Clique no botão para assistir o programa Meu Paraná, da RPC (afiliada Globo do Paraná) sobre os Campos Gerais. 

   Abaixo é mostrada uma reportagem da Rede Massa sobre nossas Trilhas Ecológicas.

   A previsão do tempo pode ser visualizada em nosso site, bem como imagens do radar do SIMEPAR.