Refugio_das_Curucacas_logo_v2_curucacas_texto_bco.png

Imersão nas Furnas Gêmeas (Furna 1)

   Esse é um roteiro de geoturismo, com trilha guiada em forma de circuito (ida e volta por caminhos diferentes) pelo interior da Furna 1, com dificuldade moderada superior (tabela de classificação ao final da página).

   Furnas são poços de abatimento, formados pela circulação de águas subterrâneas. Possuem grande importância ecológica, por serem áreas de recarga do aquífero. As Furnas Gêmeas recebem esse nome por haver duas, uma ao lado da outra, com certa similaridade. As Furnas Gêmeas estão situadas no o Parque Nacional dos Campos Gerais, uma Unidade de Conservação de Proteção Integral.

Créditos da foto: Laertes Soares

   Verdadeiros refúgios de biodiversidade, abrigam diversas aves e espécies de vegetação. A vegetação do interior das Furnas Gêmeas é a Floresta Ombrófila Mista e a do seu entorno é a vegetação de campo rupestre.

Créditos das fotos: Guilherme Forbeck.

Painel de interpretação: Silva Et Al (UEPG) e ICMBio.

   A aproximação ao ponto de encontro pode ser feita por trilhas autoguiadas ou com veículo (até a área de estacionamento). Nossos condutores e guias de turismo aguardam a chegada dos grupos no alto das Furnas Gêmeas, para a colocação dos capacetes e início da imersão nos horários predeterminados (mostrados abaixo, nas informações gerais).

WhatsApp Image 2021-05-11 at 5.23.00 PM (2).jpeg

Créditos da foto: Guilherme Forbeck.

   Feita a contextualização inicial, iniciamos a caminhada ao interior da Furna 1, percebendo a diferença entre os biomas, entre elas o microclima do interior da Furna. Visitamos um delicado conjunto de espeleotemas e outras feições geológicas, compreendendo melhor a dinâmica da Furna.

WhatsApp Image 2021-04-23 at 5.11.26 PM.jpeg

Créditos da foto: Guilherme Forbeck

   A caminhada segue, passando por um abrigo sob rocha, a fenda dos andorinhões e fechamos o circuito interno, ressurgindo à superfície na parte externa.

WhatsApp Image 2021-04-23 at 5.11.26 PM (1).jpeg

Crédito da foto: Guilherme Forbeck

   Após voltar para o alto das Furnas, os grupos podem continuar a visitação autoguiada nas Furnas do Passo do Pupo. O pôr do sol é sempre uma boa pedida. Tem um período curto do final do dia, chamado "golden hour", em que a luz do sol deixa as paredes mais douradas.

WhatsApp Image 2021-05-11 at 5.39.29 PM.jpeg

Crédito da foto: Guilherme Forbeck

INFORMAÇÕES GERAIS:

 

Data: sábados, domingos e feriados (não é necessário agendamento). Para outras datas, é preciso agendar.

 

Horários (no ponto de encontro - alto das Furnas Gêmeas):

- 14:30h: 1º grupo (até 8 pessoas);

- 16:30h: 2º grupo (até 8 pessoas).

 

Percurso total: 600 m (a partir do ponto de encontro - alto das Furnas Gêmeas)

 

Tempo médio da experiência: 01:30h

 

Dificuldade: moderada superior (classificação básica CBME / FEMERJ - mostrada abaixo)

 

Contribuição: R$ 30,00 / participante (adicionais à entrada no Parque).

 

Estão incluídos:

- operadora credenciada CADASTUR;

- condução / guiamento feito por um condutor de turismo em Unidades de Conservação;

- EPI para aventura segura: perneiras e capacetes.

 

contatos para informações:

- telefone / whatsapp: 42 99930-5500

- email: contato@refugiodascurucacas.com.br

Material mínimo para a imersão:

 

- Calçado fechado;

 

- 1,0L de Água para beber;

 

agasalho para frio;

 

- corta vento ou outro tipo de agasalho impermeável;

 

- Repelente de insetos;

 

- Lanterna;

 

- medicamentos de uso pessoal;

 

- máscara para uso e sobressalente (em saco plástico exclusivo);

 

- seu frasco de álcool gel 70%;

 

- saco de lixo.

Para que se tenha uma referência das classificações utilizadas para nossas trilhas, abaixo é mostrada a tabela de classificação básica de trilhas (FEMERJ):

 

Refugio_classificacao basica de trilhas femerj.jpg

    A previsão do tempo (windguru) da região do Passo do Pupo pode ser vista em nosso site, clicando aqui.